[image ALT: Grande parte do meu site será inútil para você, se você tem as imagens desligadas!]
mail:
Bill Thayer

[image ALT: Cliccare qui per una pagina di aiuto in Italiano.]
Italiano

[Link a uma série de páginas de ajuda]
Ajuda
[Link para cima]
Para cima
[Link para a minha página de acolhimento]
Home
[image ALT: a blank space]

Esta página reproduz uma parte de
Formação Histórica do Brasil
de
João Pandiá Calógeras

Companhia Editora Nacional
São Paulo, 1966

O texto é de domínio público,
exceto para meus anotações.

Esta página foi cuidadosamente revisada
e la creio livre de erros.
Se você encontra um erro, porém,
por favor me avise!

[image ALT: a blank space]

p401 Bibliografia

Obra de síntese como esta mal admite bibliografia, tão vasta devera ela se revelar. Além do que, não há relação forçada entre as fontes que se estudaram e as conclusões tiradas, assim como, em uma construção qualquer, o edifício não depende essencialmente de seus elementos formadores, senão no modo por que foram utilizados. A silhueta, sim, é que caracteriza o arquiteto, e a visão dos fatos do autor.

Formação Histórica do Brasil traduz nossa compreensão pessoal dos fenômenos sociais de nossa terra, desde seu descobrimento até 1929, não como caso isolado no continente sul‑americano, mas em sua interdependência do mundo inteiro. Os cronistas ou analistas perquiridos respondem apenas pela exatidão do substratum material das generalizações.

Principais elementos dêsse trabalho foram as bibliotecas públicas do Rio de Janeiro, a Nacional, a do Ministério das Relações Exteriores, a do Arquivo Nacional, a do Instituto Histórico e Geográfico, bem como as coleções de documentos arquivados tanto nessas instituições, como em suas congêneres nos Estados. Citemos especialmente São Paulo, Minas, Bahia, Ceará, Rio Grande do Sul. As Revistas dessas beneméritas associações forneceram‑nos insubstituíveis e precisos subsídios; relembrar a todos, seria reproduzir o catálogo de seus anais. O mesmo devemos dizer das publicações análogas de Buenos Aires e Montevidéu.

Entre as obras avulsas, podemos nomear algumas cuja lista, incompletíssima, damos a seguir:

História da Colonização Portuguêsa na América.

Dicionário Histórico e Geográfico do Brasil.

Oliveira VianaO Ocaso do Império.
Evolução do povo brasileiro.

Tobias MonteiroO presidente Campos Sales.
História do Império.

Batista PereiraO Brasil e a raça.
Civilização contra barbárie.

Paulo PradoRetrato do Brasil.

Fernando Antônio Raja GabagliaAs fronteiras do Brasil.

Fernando NobreAs fronteiras do Sul.

p402 Sousa DoccaCausas da guerra contra Rosas.
A convenção preliminar de paz de 1828.

Luís da Câmara CascudoLopes do Paraguai.

Hélio LôboA democracia uruguaia.
Antes da guerra.

Alberto RangelD. Pedro I e a Marquesa de Santos.

Manuel BonfimO Brasil na América.

Cel. Mário BarretoA campanha Lopezguaia.

F. A. de VarnhagenHistória do Brasil.

J. Capistrano de AbreuCapítulos de História colonial.

J. Capistrano de AbreuO descobrimento do Brasil.

Joaquim NabucoUm estadista do Império.

Carolina NabucoA vida de Joaquim Nabuco.

Manuel MúriasNação Portuguêsa.

Eugênio de CastroDiário da Navegação de Pero Lopes de Sousa.

Max FleiussHistória administrativa do Brasil.

João Batista CalógerasPolítica Americana.

João Pandiá CalógerasRio Branco e a Política Exterior.
O Brasil e a Sociedade das Nações.
A Política Exterior do Império.
La Politique Monétaire du Brésil.
Problemas de Govêrno.

Oneto y VianaLa diplomacía del Brasil.

Setembrino E. PeredaEl Belén uruguayo histórico.
Paysandu patriótico.

Lucas AyarragarayLa anarquia argentina y el caudillismo.

V. G. QuesadaHistória Diplomática Latino-Americana.

Gal. José Maria PazCampañas contra Rosas.

Adolfo SaldiasLa evolución republicana.
História de la Confederación argentina.

Luís Alberto de HerreraEl Uruguay internacional.

Manuel MorenoVida y Memorias de Mariano Moreno.

José Maria Remos MéjiaRosas y el Doctor Francia.

Lorenzo CarnelliOribe y su Epoca.

José de EspañaPsicologia de Rosas.

Ernesto QuesadaLa Epoca de Rosas.

A. D. GonzalezAnalysis de "La epoca de Rosas".

Carlos IbargurenManuelita Rosas.

A. Zum FeldeProcesso Histórico del Uruguay.

p403 Aquilles B. OribeFuentes para escribir la História de la República Oriental del Uruguay.

Junta Patriótica ParaguayaEl Mariscal Francisco Solano López.

Paulo GroussacBelgrano.
Estudios Históricos Argentinos.

Marquês de LemaAntecedentes Politicos y Diplomáticos de los sucesos de 1808.

A. LamasEscritos Politicos y Literarios.

Melian LafinurSemblanzas del Pasado.

Eduardo AcevedoHistória del Uruguay.

J. M. RubioLa Infanta Carlota Joaquina y la Politica de España en America.

José P. OteroLa révolution argentine.

Domingo SarmientoFacundo Quiroga.

Alberto de FariaMauá.


[image ALT: Valid HTML 4.01.]

Página atualizada: 4 Out 13